Fernandes e o Figueirense… Difícil encontrar no futebol brasileiro uma relação entre Atleta e Clube como o encontrado entre esses dois personagens. Ídolo da torcida, com o nome já marcado na historia do clube, talvez como o maior jogador da historia do nosso Furacão, Fernandes renasceu na reta final desse campeonato, recuperado de uma lesão muscular. Fazendo seu terceiro jogo em seqüência, mais uma vez nosso camisa 10 deu o ar de sua graça.

Mas não da pra compreender, como um torcedor alvinegro, vai para a semifinal para ficar fazendo coro contra nosso ídolo. Desde o seu primeiro lance ate momentos antes do nosso primeiro gol, esse sujeito levantava e aos berros dizia “Tira esse aposentado”, “Manda esse aposentando embora” … Eu ficava pensando naquele momento se mais alguém estaria ouvindo aquelas asneiras. E fui percebendo o desconforto criado. Alguns já olhavam com cara feia para o tal “torcedor”, enquanto o mesmo continuava a soltar suas perolas. Talvez esses torcedores esperavam a reação de alguém. Eis que a resposta veio pelo nosso camisa 10. Grande jogada, arrancada igual aos velhos tempos, com um posicionamento perfeito e uma finalização impecável. Craque faz isso, e nós temos o nosso. Imediatamente a reação da torcida ao meu redor foi de virar para esse dito torcedor e perguntar “cadê o aposentado agora?”… em meio a outras frases, o sujeito se apequenou em sua cadeira e pode perceber o quanto o tal jogador que tanto criticava era idolatrado pela nação alvinegra. Se recolhendo a sua total solidão de pensamento, o sujeito se levanta ao fim do primeiro tempo e some de vista. Com certeza terá uma longa semana para pensar nos feitos do nosso camisa 10.

E foi assim, jogando um futebol de qualidade, que Fernandes foi o homem do jogo. Passes precisos, arrancadas em direção ao gol, assistência perfeita para Aloísio. Nosso craque volta a boa forma da reta final do campeonato. Um reforço para deixar adversários receosos. No resto do jogo, apesar dos sustos, o Figueira conseguiu dominar o JEC, ganhando com um 3 x 1 sem discussões. Foi bom ver Aloísio voltar a jogar e marcar. Nosso camisa 9 irrita as vezes com aquela mania do cai-cai em qualquer lance, mas é inegável a dedicação dele para cada bola disputada, sendo bem recompensado com 2 gols e os aplausos da nação alvinegra.

Agora dois clássicos para decidir o Estadual. Entramos como favoritos na disputa. Sem duvida temos o melhor elenco e fizemos uma campanha totalmente superior ao nosso rival. É entrar com o espírito de luta que vamos ganhar. E ao nosso rival cabe lamentar a presença do nosso craque nesses clássicos. Ele mesmo que tanto já aprontou em clássicos, mais uma vez vai ser o nosso diferencial. Afinal, como já disse antes, poucos tem a chance de ter um craque como esse em seu elenco. E nós temos. Avante Figueira. Avante Fernandes. Rumo ao titulo!!

Anúncios