Emoção já no primeiro jogo do Brasileirão 2012. Uma noite de sábado chuvosa, onde pouco mais de 5 mil corajosos alvinegros encararam alem da chuva um frio intenso. Mas valeu a pena para todos que ali estiveram. A estréia de Argel Fucks no comando do time foi de devolver um pouco aquela garra que havia sumido, aquela vontade e velocidade que a muito tempo não se via por aqui.

O time foi postado em campo dando consistência no meio, com Igor, Tulio e Toró, com Luiz Fernando chegando a frente com dois atacantes, Caio e Roni. O esquema sem centroavante ficou um pouco confuso durante o jogo. Era evidente que o time buscava uma referencia e não encontrava, tendo então que apostar em finalizações da entrada da área. Mesmo assim o time se mostrou totalmente superior ao Nautico. Esse alias, com esse elenco e com o técnico que tem, com certeza vai suar muito para se manter na Serie A.

O time de Argel ganhou mais velocidade. Roni e Caio infernizaram a defesa do Nautico, com jogadas em alta velocidade e bons dribles. O primeiro buscou espaços para as finalizações, sendo o principal jogador alvinegro em campo. Após o 0 x 0 no primeiro tempo, Argel optou por colocar Fernandes em campo para tentar melhorar o poder de finalização do time. E deu certo. Nosso ídolo aproveitou uma bela jogada criada pelo time e da entrada da área fez o primeiro gol. A partir daquele momento, com o fraco desempenho do Nautico, se esperava uma vitoria fácil.

Mas em um pênalti um pouco duvidoso, Araujo empatou o jogo. A partir dai o jogo se tornou apenas emoção, sem muita tática em campo. Argel lançou o time ao ataque, ficando vulnerável aos contra ataques do time adversário. Mas a insistência valeu a pena. No ultimo minuto dos acréscimos, o estreante Caio, apelidado de Talismã pela torcida do Botafogo, acabou por merecer o mesmo apelido por aqui. Após um cruzamento na área, ele tentou a primeira, mas foi no rebote, caído no chão, que ele colocou a bola para o fundo da rede. 2 x 1 e uma vitoria justa.

A vitoria era o necessário para tentar apagar os erros da final do Estadual e começar com o pé direito a competição mais importante do país, a Elite do Futebol Brasileiro. Ainda podemos destacar ontem a volta de Toró ao time, que mostrou que está um pouco fora de ritmo, mas tem experiência para nos ser muito útil no campeonato. Agora vem dois jogos fora contra talvez os dois melhores times do país. Mas provavelmente os dois jogarão com times reservas em virtude da Libertadores. É a hora de tentar arrancar já no inicio, duas vitorias fora de casa e tentar começar de forma alucinante esse campeonato.  Avante Figueira!!

Anúncios