Semana de mudanças, é isso que todos os torcedores alvinegros esperam. Depois de mais uma derrota nesse Brasileirão ficou evidente que nao adianta mudar o esquema de jogo do time, não adianta mudar treinador. Tem que mudar muita coisa alem disso, com enfase muito a forte a mudança de postura do time, mas também a mudança de elenco. Ficou claro mais uma vez, que nosso elenco é muito limitado para mostrar a reação que necessitamos ao longo do campeonato. Um elenco recheado de jogadores mediocres, que ate agora no ano, ainda não conseguiram fazer exibições que justificariam a permanencia em um clube da série A.

Do time que entrou em campo nesse sabado contra o Botafogo, se conseguir juntar uns QUATRO com condições de serem os titulares ate o fim do ano seria algo incrivel, pois a grande maioria deles continua a jogar de forma mediocre, sem objetividade, sem reação. Aloisio mais uma vez decepcionou, ou melhor, manteve sua incrivel performance na Serie A desse ano, nao lembrando em nada o atacante do inicio do estadual. Sobre Pablo, me recuso a comentar mais uma vez a sua performance. Será que nenhum membro da diretoria consegue ver que ele nao tem capacidade nenhuma de jogar por aqui? No mais o time parece um amontoado de jogadores que nao treinam juntos, que não se conhecem, que não procuram explorar as poucas qualidades que ali existem.

A solução será ir atra de reforços, de qualquer maneira. Claro que depois da pessima performance da diretoria enquanto ainda existiam jogadores no mercado, esperar o que na hora em que já nao existem boas opcões no mercado interno. Nao creio que nosso time teria condições de ir em uma Serie B e tentar de alguma maneira contratar algum bom jogador por lá, vide exemplo de Lima e Eduardo. O jeito vai ser tentar arranjar em algum grande clube da Serie A algum refugo ou algum jogador mais novo que queria crescer no futebol e tentar assim repetir o que aconteceu ano passado com o Welington Nem. Claro que vai ser dificil, visto que a maioria dos grandes clubes tem usado sua base a exaustão durante o Brasileirao desse ano. Outra alternativa seria a de tentar na nossa base achar jogadores com um espirito diferente dos atuais. É a hora do Deretti. Mais uma vez ele entrou em um jogo perdido e tentou, pelo menos isso, fazer a diferença em meio a tanta apatia do time. Quem sabe algum jogador na base consiga fazer melhor que Pablo, o que convenhamos não seria tao dificil. E quem sabe Edson Henrique pode voltar a aparecer e consertar nossa zaga pela esquerda. Enfim, MUDANÇAS são necessarias, e pra ontem já. Avante Figueira!

Anúncios