Não foi bem o resultado que o torcedor alvinegro vinha sonhando, mas o empate de 1 x 1 fora de casa acabou por ser um importante resultado visando a classificação. O time acabou não sendo aquele que o Helio veio dando pistas durante a semana, com a introdução do esquema com três zagueiros, que visava dar uma proteção maior a zaga, que vinha sofrendo nos últimos jogos com falhas pontuais. Mas o técnico preferiu manter um esquema com dois zagueiros, deixando Doriva pela direita, e organizando o meio com Tulio, Jackson e Guilherme Lazaroni, aparecendo novamente como uma solução para o meio, tendo a sua frente os três atacantes.

Mas essa nova formação do meio novamente não deu certo. Lazaroni, por mais esforçado que seja, não tem capacidade para assumir o meio campo do nosso time. Participativo apenas na vontade, não consegue dar ritmo ao meio, não fazendo a articulação e nem ao menos conseguindo dar poder de marcação. Assim ficamos mais uma vez sem ter o poder de criação necessário para abastecer o ataque, fazendo com que Julio Cesar virasse um meia armador. Mas a fase não anda boa para o nosso atacante, que não consegue dar continuidade em muitas jogadas, virando presa fácil da marcação adversária, as vezes errando jogadas fáceis, apesar de mostrar um bom repertorio em determinados lances. Parece que a explosão que ano passado existia em suas jogadas se perdeu ao longo do ano.

Outro fator que ficou evidente hoje foi que o time não consegue se adaptar a um estilo de jogo que use todo o potencial do nosso centroavante Loco Abreu. Com seu porte avantajado e excelente performance no jogo aéreo, Loco é pouco utilizado, tanto para finalizar jogadas quando para servir de pivô para os demais. Nas poucas vezes que tem essa função exigida pelos companheiros, consegue criar boas jogadas. Sua qualidade parece que pode ser o diferencial para o time para tentar sair dessa situação.

Agora teremos mais um jogo fora pelo Brasileirão, sendo fundamental a busca por uma vitoria para tentar afastar esse fantasma do rebaixamento. Para o próximo jogo a formação deve ser mudada mais uma vez, visto que o desempenho de Lazaroni não agradou muito. Mas fica a duvida de quem colocar para fazer essa ligação entre o ataque com o resto do time. Muitos já foram testados nessa posição, mas nenhum conseguiu agradar. Outro duvida para o treinador seria a de sacar ou não Julio Cesar do time. Na MINHA opinião, era a hora de sacar o nosso Imperador, pelo menos por esse jogo e tentar armar o time com mais um meia. Sacaria tambem Lazaroni e colocaria Pitonni e Ronny, ou ainda tentaria com Deretti no lugar de Ronny, desde que ele não ficasse apenas destinado a correr por uma ponta e sim com uma função mais pelo meio, fazendo jogadas mais rápidas pela entrada da área. Nosso time precisa ser mais dinâmico nas tentativas ofensivas, para assim conseguir fazer as pazes com a Vitoria. Abraços.

Anúncios