É inicio de temporada, time ainda sem preparo, falta de ritmo e entrosamento. Mas preocupou o que se viu ontem no Scarpelli. A sensação de que estávamos vendo o mesmo time do ano passado foi inevitável, principalmente a cada bola levantada pelo Joinville na área, ou a cada bola ganha pelo adversário no meio campo. Poucos jogadores ontem agradaram a torcida.

Que esse time é mais lento do que os anteriores já era evidente, mas essa lentidão está exagerada. Não temos saída de bola rápida no time, inclusive com jogadas de contra-ataque as vezes sendo recuadas para os zagueiros. Só que o principal problema continua a ser o inicio do meio campo. Nem e Ronaldo foram péssimos ontem. Erraram tudo que podiam na marcação e não conseguiam dar sequencia a nenhuma jogada. Muitos erros de passes, lançamentos e pouca movimentação. E me parece complicado ter Gerson Magrão como o camisa 10 desse time. Não me parece o estilo dele ser o armador desse time, pois não tem o que se espera para tal função, e pra piorar sua imagem com a torcida perdeu um gol cara a cara com o goleiro.

Mas podemos destacar boas coisas na partida de ontem, principalmente com o trio Danilinho, Tinga e Saci. Foram disparados os melhores em campo do time, principalmente o primeiro, autor do primeiro gol e principal válvula de escape do time. Junto com Tinga, eram os únicos a tentarem jogadas de infiltração. Toscano mais uma vez não apareceu muito bem, sendo peça nula em campo, e já sendo comparado a um cone por alguns.

O que nos coloca uma esperança é que, organizando a zaga, e liberando Wilian Magrão pro meio, podemos ter um início melhor para as jogadas, com ele e Maylson organizando o time. Mas mesmo com a entrada desses dois, uma coisa já ficou clara: precisamos de alguns reforços. Adilson vai ter muito trabalho para dar a cara que deseja a esse time. Enquanto isso teremos com certeza fortes emoções nas próximas rodadas. Abraços.

 

Anúncios